Qual a Diferença entre Editar e Criar uma Matriz de Bordado?

27 de janeiro de 2021

Pesquisar Conteúdo:

Afinal, qual é a diferença entre editar e criar uma matriz de bordado? Qual é melhor?  🤔 Aprenda agora e aqui mesmo!

Você já deve ter ouvido esses dois termos, e pode ser que você ainda não sabe o que significa cada um deles e qual seria o melhor pra você.

Por isso, hoje vou te explicar tin tin por tin tin para que você entenda de uma vez por todas! 🤩🤩

Seja bem vindo ao Blog da Free Hand Bordados, onde você vai pegar dicas rápidas e passo a passos que vão resolver o seu problema do dia a dia.

Nosso maior objetivo aqui é te ajudar de alguma maneira por isso ao acabar de ler este artigo comente o que achou e o que podemos melhorar, agora borá lá pro conteúdo! 😉💪

Se você já acompanha os meus conteúdo a algum tempo, já deve ter se deparado com o termo “Criar uma Matriz” e o termo “Editar uma Matriz” e pode ser que eu não tenha sido claro em explicar a diferença.Então acompanhe esse artigo até o final para entender melhor o assunto, isso pode definir o seu sucesso no mundo dos bordados!

Vamos aprender afinal qual é a diferença entre editar e criar uma matriz de bordado.

O que é Editar uma Matriz?

É comum começar no mundo dos bordados comprando logo de cara uma máquina de bordado, pois muitos acham que basta a máquina para bordar…e logo descobrem as matrizes!

E aí você precisa comprar matrizes de um programador, ou então baixar matrizes gratuitas na internet. E aquela dor de cabeça sem fim quando você não acha sua matriz gratuita e precisar pagar um valor muitas vezes alto em uma matriz, o que acaba não compensando pra você!

A edição de matrizes é literalmente apenas “editar” uma matriz que já está pronta e convertida para uma versão de máquina (vou explicar o que é isso com mais detalhes logo abaixo). Usando um programa de Edição de Matrizes de Bordado como Wilcom, Embird e Pe Design em seu computador.

Isso seria você alterar o tamanho da matriz, as cores, o tipo de ponto em um determinado objeto, a configuração dos pontos…

Em um exemplo prático, seria você baixar uma matriz de uma “Flor Rosa em Ponto Cheio no tamanho 10×10”. E na edição transformá-la em uma “Flor Vermelha em Ponto Tatami no tamanho 15×15”.

Pra quem editar é ideal

Primeiramente, esse método é perfeito para aquelas bordadeiras que amam baixar matrizes gratuitas da internet.

Em que uma vez ou outra passa por alguns probleminhas na hora de bordar essas matrizes como contorno escapando, bordado muito grosso e etc. E que não querem aprender a criar uma matriz do zero por dificuldade com o computador ou outros motivos.

O lado negativo disso é que, geralmente essas matrizes gratuitas da internet e até as compradas chegam até você em versões de máquina que seria o tipo de arquivo que sua máquina lê.

Como por exemplo “.PES”, “.DST”, “.XXX”, “.JEF, “.EXP” entre outras… esses arquivos te limitam na hora de editá-los e é possível fazer pequenas alterações. Não tão drásticas, pois mudanças radicais podem dar grandes problemas na hora de bordar.

A solução pra isso é Criar as suas próprias Matrizes de Bordado.

O que é Criar uma Matriz de Bordado?

Primeiramente, toda matriz é o resultado de uma imagem ou desenho feito no computador usando um programa de Criação de Matriz de Bordado. Como por exemplo o Wilcom, Embird e Pe Design.

Ou seja, com um desses programas você consegue transformar uma imagem em matriz com o tamanho que você quiser, com as cores que você quiser, com o tipo de ponto que você quiser, com a configuração de bordado que você quiser… literalmente, como você quiser!

Pra isso, você precisa ter um pouco de paciência para aprender como realmente se faz isso pois não é “fácil”, é simples.

Demanda de um pouco de tempo e esforço, mas já testemunhei várias pessoas de todas as idades conseguirem chegar a esse resultado.

Portanto, o que você precisa é de uma imagem, um programa instalado em seu computador e muita dedicação.

Conclusão

Dos dois lados há coisas boas e outras nem tão boas mas fáceis de se resolver, e para se decidir qual o melhor se encaixa pra você analise o seu fluxo de trabalho.

Se você tem muita demanda de bordado e pouco tempo para se aperfeiçoar criando suas matrizes, ou realmente não tem paciência com computador 😂 o melhor caminho é a edição de matrizes.

Mas caso, você esteja começando agora ou com pouca demanda, se esforce em aprender a criar as suas matrizes para que o seu trabalho seja 100% autoral e consiga dar mais valor e qualidade em sua finalização 😉💪

E aí você já sabia dessa dica? 😅😅

Ah! E antes de finalizar o conteúdo de hoje, não poderia deixar de te convidar a fazer parte do meu curso Editar Matrizes Prontas 3 em 1, onde eu vou te ensinar a Editar Matrizes Baixadas da internet que possivelmente podem apresentar alguns erros e falhas como contorno escapando, bordado muito ralo e etc, problemas comuns na vida de toda bordadeira!

Esse treinamento vai te ensinar a aplicar essa técnica nos programas Wilcom, Embird e Pe Design, se eu fosse você não deixaria pra depois!!

Clique no botão abaixo e faça sua inscrição! Te espero lá no curso!!
[QUERO APRENDER A EDITAR MATRIZES]

Não deixe de conferir nossos conteúdos exclusivos se inscrevendo em nossa LISTA VIP:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Deixe o seu comentário:

O autor

Leonardo Sant'Ana

Leonardo Sant'Ana da cidade de São José do Rio Preto - SP, programador de matrizes de bordados desde 2009, trabalhou a 7 anos em um bordado aprendendo desenvolver matrizes de alta qualidade, vendo suas criações serem bordadas para todo Brasil.Em 2016 decidiu começar a empreender, trabalhar apartir de sua casa e fundou a sua empresa Free Hand, empreendendo com produtos digitais e ensino online de criação de matrizes de bordados.Atualmente dedica seu tempo na Free Hand e com seus alunos que fazem parte do programa Criar Matrizes de Bordado, Sua missão é mostrar ao mundo que de fato é possivel empreender pela internet

Posts Relacionados