3 Formas de Cobrar por sua Matriz de Bordado

8 de abril de 2020

Pesquisar Conteúdo:

Eu já usei muito a 3 forma!

É iniciante no mundo da criação de Matrizes de Bordado? Não sabe ainda como cobrar por suas matrizes??! Esse artigo é pra você! Acompanhe agora as 3 formas mais recomendadas para você calcular o preço da sua matriz!

Eu já crio matrizes de bordado há mais de 10 anos, mas a 4 eu estou cobrando por minhas matrizes. Não fazia de graça antes não, na verdade eu trabalhei por muito tempo em uma empresa de bordados da minha cidade. Até que fui despedido e comecei a trabalhar por conta!

Então, a primeira forma que usei para cobrar por minhas matrizes foi o “Ganho Diário”;

#01: Ganho Diário

Primeiramente, você precisa estabelecer um valor que você queira ganhar ao final do mês, por exemplo, vamos supor que eu queira ganhar R$1000,00 por mês;

Em segundo lugar, é preciso estabelecer quantos dias da semana eu vou trabalhar por mês, no caso como não vou trabalhar no sábado, serão ao total 22 dias no mês;

Portanto, agora você precisa fazer a conta salário dividido pelos números de dias trabalhados, ou seja, R$1000,00/22;

O resultado, é a sua meta diária de ganho! Neste caso, eu precisaria ganhar R$45,45 por dia;

“Aaah! Léo, mas eu vou cobrar R$45,45 por cada matriz??”

Logo após, a última conta que você precisa fazer agora é dividir o valor de (R$45,45) pelo número de matrizes que você faz por dia. Ou seja, se você já possui um bom fluxo de clientes, por exemplo 2 pedidos por dia, cada matriz custaria R$23,00 (arredondado)

Essa técnica é muito boa, porém, se você não possui um bom fluxo de clientes você pode ter dificuldade nisso, por isso, vamos para a segunda forma…!

#02: Tipos de Cliente

Você sempre possuirá dois tipos de clientes: O “Fiel” e o “Sortido”.

O Fiel é aquele que sempre faz suas matrizes com você, e levando isso em consideração é legal que você faça um preço que fique bom pra ele. Por exemplo: Se no mês ele faz 15 matrizes com você, ele te pagou R$680,00 (levando em consideração o valor da conta anterior), ou seja, este cliente “gastou” muito com você, por isso recomendo que dê um bom desconto a ele para que ele continue trabalhando com você!

Contudo, outra solução para este tipo de cliente, é fazer um “combo”, isso é, cobrar um valor fixo até um número de matrizes: R$150,00 por 15 matrizes (custaria R$10,00 por cada matriz)

Mas para aquele cliente Sortido, ou seja, que faz um pedido hoje e o outro no mês que vem, recomendo que você cobre o valor cheio, segundo a sua meta diária ou mensal;

#03: Complexidade

Essa é a forma que uso até hoje, para cobrar eventuais matrizes que crio.

Em primeiro lugar, estabeleci um valor padrão para qualquer matriz, por exemplo R$10,00, ou seja, qualquer matriz eu cobro no mínimo R$10,00.

A partir daí, peço para que o cliente me envie uma foto do bordado/matriz desejado e julgo se aquilo é fácil ou difícil de se fazer. Quanto mais fácil, mais perto dos R$10,00 e quanto mais difícil, mas eu adicionaria por aquela matriz de bordado;

Eu já cobrei mais de R$120,00 por uma matriz e o cliente ficou satisfeito!

Então, essas são as dicas de hoje, comente aqui abaixo as suas dúvidas e não deixe de compartilhar também!

Ultima live >> LINK AQUI <<

Lista espera pro workshop >>LINK AQUI <<

Matrizes gratuitas >>LINK AQUI<<

Comunidade do Telegram >> LINK AQUI <<

Não deixe de conferir nossos conteúdos exclusivos se inscrevendo em nossa LISTA VIP:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Deixe o seu comentário:

O autor

Leonardo Sant'Ana

Leonardo Sant'Ana da cidade de São José do Rio Preto - SP, programador de matrizes de bordados desde 2009, trabalhou a 7 anos em um bordado aprendendo desenvolver matrizes de alta qualidade, vendo suas criações serem bordadas para todo Brasil.Em 2016 decidiu começar a empreender, trabalhar apartir de sua casa e fundou a sua empresa Free Hand, empreendendo com produtos digitais e ensino online de criação de matrizes de bordados.Atualmente dedica seu tempo na Free Hand e com seus alunos que fazem parte do programa Criar Matrizes de Bordado, Sua missão é mostrar ao mundo que de fato é possivel empreender pela internet

Posts Relacionados